Os últimos anos da economia brasileira têm sido de muita turbulência, o que deixa o empresário cauteloso em relação a novos investimentos e, consequentemente, mais atento ao controle e a gestão do seu negócio. Mudanças de processos, adequação de custos e investimentos em tecnologias passam a ser fundamentais para que as empresas consigam fazer frente a este cenário e reduzir os riscos de operação.

No agronegócio, alguns exemplos vêm da indústria de máquinas agrícolas, da indústria de sementes e da indústria química, que investiram muito em novas tecnologias para auxiliar os produtores rurais no plantio, manejo, colheita e armazenagem dos grãos, melhorando produção dos seus cultivares.

Desafio do Agronegócio. Via Biboca Ambiental.

A incorporação destas novas tecnologias pelos produtores rurais tem sido uma constante nos últimos anos, na busca de uma melhor produtividade e redução de custos. Mas muito mais do que fazer uso destas tecnologias, o agronegócio requer a profissionalização de sua gestão, pois muitos são os fatores que interferem no resultado final de uma safra, sem falar nas exigências legais e fiscais. Diante deste novo contexto, o software de gestão deixou de ser um coadjuvante, com soluções básicas que apenas controlavam o financeiro, fiscal, estoque e contabilidade, para se tornar um aliado fundamental para uma boa gestão da safra, que envolve o planejamento das áreas e culturas, a compra e aplicação adequada dos insumos, a criação e gerenciamento das recomendações técnicas, a manutenção e aplicação dos equipamentos, a alocação correta dos custos, bem como a gestão de todos os intempéries e pragas que afetam as culturas.

Se por um lado os riscos envolvidos no segmento do agronegócio são grandes, pois, o mercado sofre com intempéries (chuvas e secas), com o preço praticado para os produtos e insumos, com a valorização/desvalorização da nossa moeda, com os juros bancários, linhas de créditos e demais questões, por outro lado temos o uso efetivo das tecnologias e os sistemas de gestão como importantes aliados na gestão da safra e no auxílio contínuo na redução destes riscos. Você usa de forma efetiva as tecnologias disponíveis para o campo, juntamente com um sistema de gestão?

A solução CIGAM Agronegócio atende as novas exigências deste mercado, com uma solução de retaguarda que controla os custos a partir de uma integração de todos os setores administrativos, gerindo negócios em moeda forte, preços commodities com a interferência do mercado internacional, acertos financeiros de contratos, monitoramento do plantio, consumo de insumos/produtividade/lucratividade por hectare. A solução CIGAM ajuda as empresas a se tornarem mais produtivas e competitivas, interpretando seus dados dentro da realidade do seu segmento de negócio.

Conheça mais sobre a Solução Cigam Agronegócio clicando aqui.